Os animais considerados idosos (cães, gatos, cavalos) correspondem ao seres humanos numa fase que segue a maturidade, avançando gradativamente para a
senilidade.

Em geral os cães são considerados idosos a partir dos sete anos, assim como os gatos. Os cavalos são velhos dos 15 anos em diante.

O estado geral dos idosos depende de diversos fatores, dentre eles o genético, a alimentação, o trato, os cuidados em relação a vacinas e a profilaxia
de várias patologias por meio do manejo e nutrientes adequados.

Atenção especial deve ser dada aos dentes. A segunda dentição (permanente) tem que ser preservada.O condicionamento do cãozinho a escovação deve começar cedo, como brincadeira utilizando escova ou dedeira até a animal (cão ou gato) acostumar com o procedimento.

Dar ossinhos para roer, "snacks" com antisséptico bucal, biscoitinhos de fibras, fio dental (trança feita de linhas coloridas que enroscam nos espaços interdentais e com isso removem resíduos alimentares ao serem mastigados), gel dental e verificar periodicamente o estado da placa bacteriana, minimizam e retardam o aparecimento de
periodontite, e a remoção periódica do tártaro dentário que se forma previnem endocardites e nefrites.

Nos cavalos a extração de dentes estragados e a limagem das bordas dos dentes auxiliam na boa mastigação e digestão dos alimentos, sendo uma das formas de minimizar a incidência de cólicas. Alimentos fibrosos como cenouras ajudam a massagear as gengivas e limpar os dentes, o mesmo ocorre com milho em espigas e capim.


Dra. Angélica Úrsula Landau
CRMV-SP 02736
CRMV-j 09904
 
 




Telefones:  (11) 9 8323-2253 (TIM) Whats App (11) 9 6902-2607 (Vivo)

(15) 3249-2314

e-mail adell1703@hotmail.com

ou

contato@canildellpropuppies.com.br


  Site Map